Países visitantes

Países visitantes: Brasil, Estados Unidos da América, Portugal, Alemanha, Rússia, Canadá, Reino Unido, Argentina, Espanha, Angola, Polônia, China, França, Israel, Venezuela, Ucrânia, Paraguai, Bolívia, Indonésia, Malásia, Grécia, República Tcheca, Iraque, Jordânia, Hong Kong, Itália, Austrália e India.

sábado, 25 de agosto de 2012

Nunca foi fácil vencer as crises, mas nunca faltou ajuda do Alto para superá-las



É comum ouvirmos nas rádios, nos telejornais, no bate-papo entre amigos, nas redes sociais, com os colegas de trabalho e tantos outros lugares e momentos sobre este assunto: crise. Ela surge nas mais diversas áreas: finanças, ética e moralidade, família, princípios e valores e por aí vai. Esta lista ainda poderia crescer bastante.

Diante de tudo isso, surge a pergunta: quem nunca passou por crise? Como você se portou diante dela? Tomou alguma atitude, ou simplesmente anunciou: “Mais crise!”?

Em 1 Samuel 30.1-20, vemos que Davi estava passando por um momento de crise em sua vida. Depois de três dias de caminhada no retorno para casa, em Ziclague, ele mal entra na cidade e vê tudo destruído e vazio, pois sua família e bens tinham sido levados pelos amalequitas.

O desespero tomou conta dele e de seus homens a tal ponto que alguns queriam apedrejá-lo. Quanta aflição! Mas vale a pena observar como ele se portou diante da crise.

Primeiro, Davi conversou com Deus sobre a situação e obteve uma reposta: “Davi perguntou ao Senhor: ‘Devo persegui-los? Eu os apanharei?’ E o Senhor disse a ele: ‘Sim, vá atrás deles; você vai recuperar tudo o que eles tomaram de vocês!’” (1 Sm 30.8).

Em segundo lugar, ele partiu para alcançar seu objetivo. Não ficou parado, só lamentando: “Então Davi e seus seiscentos homens foram atrás dos amalequitas. Quando chegaram ao córrego de Besor, duzentos dos homens estavam tão cansados que não agüentaram atravessar o córrego, mas os outros quatrocentos atravessaram, e continuaram a marcha” (v. 9).

Em terceiro lugar, Davi aproveitou a ajuda que Deus mandou (v. 11, 15,16) e, por fim, conquistou de volta tudo o que era seu (v.18,19).

E nós? Como reagimos diante de crises? Ficamos lamentando e chorando? Procuramos um culpado, acusando-o com palavras, gestos e atitudes que não levam a solução nenhuma? O exemplo de Davi vale também para nós.

Em vez de seguir o costume comum de contar tudo para os outros, menos para Deus, podemos nos dirigir diretamente ao Senhor. Ele tem respostas para os nossos problemas e nos faz caminhar na direção da solução.

Aja! Saia do lugar! Conte com a providência divina e, no momento certo, a crise vai se resolver. É como diz a canção de Sérgio Lopes: “tua dor vai passar, com o tempo vai passar”.

O justo passa por muitas adversidades, mas o Senhor o livra de todas” (Sl 34.19)


Nenhum comentário:

SEGUIDORES

Acompanhar por E-mail

OUTROS ARTIGOS

Ocorreu um erro neste gadget