Países visitantes

Países visitantes: Brasil, Estados Unidos da América, Portugal, Alemanha, Rússia, Canadá, Reino Unido, Argentina, Espanha, Angola, Polônia, China, França, Israel, Venezuela, Ucrânia, Paraguai, Bolívia, Indonésia, Malásia, Grécia, República Tcheca, Iraque, Jordânia, Hong Kong, Itália, Austrália e India.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Por que devo orar?


"se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra." 2 Crônicas 7:14



TIAGO 5:13,20

Está aflito alguém entre vós? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. Está doente algum de vós? Chame os anciãos da igreja, e estes orem sobre ele, ungido-o com óleo em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.

Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação. 

Elias era homem sujeito as mesmas paixões que nós, e orou com fervor para que não chovesse, e por três anos e seis meses não choveu sobre a terra.
E orou outra vez e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. Meus irmãos, se alguém dentre vós se desviar da verdade e alguém o converter, sabei que aquele que fizer converter um pecador do erro do seu caminho salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados. 


Primeiro, Deus diz na Bíblia que devemos orar.

“Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda” (I Timóteo 2:8).1 “Orai sem cessar” (I Tessalonicenses 5:17).

“Não estejais inquietos por coisa alguma, antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas, diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças” (Filipenses 4:6).

A oração afeta a qualidade de nossas vidas. Segundo, Jesus, nosso exemplo, orava. Se a oração não faz diferença, por que Jesus orava, às vezes, a noite toda, e no Getsêmani a ponto de verter sangue como suor? Não estava Ele ciente dos planos e propósitos de Seu Pai? A oração de Jesus mostra que orar é mais do que pedir algo — é estar em constante comunhão com Deus. Ela também mostra que somente pela dependência de Deus podemos receber força e poder para cumprir nossa missão e propósito nesta vida. As orações no Getsêmani e na cruz são exemplos fundamentais. 

Terceiro, devemos orar uns pelos outros. Naturalmente, a oração inclui a exposição de nossas necessidades diante de Deus. Daniel orou, plenamente cônscio de que Deus conhece todas as coisas. Paulo orava continuamente em seu próprio favor, sua missão e suas congregações, embora soubesse que todas elas estavam nas mãos de Deus.


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

A QUEM ENVIAREI?... EIS-ME AQUI, SENHOR, ENVIA-ME A MIM




Leitura Bíblica: Isaías 6:1-8                                    

É interessante notar que Deus não dirigiu a chamada a Isaías. O profeta ouviu Deus dizer " Quem há de ir por nós?" A chamada do Senhor é geral, mas só alguns a ouvem e só alguns respondem. É que o ouvir Deus chamar depende muito do estado em que estão os nossos ouvidos - entupidos com as chamadas do mundo, ou disponíveis para ouvir Deus, pois muitos são chamados, mas poucos os escolhidos.

Tu és um escolhido? Tens os ouvidos disponíveis à chamada de Deus? A chamada de Deus entra no teu coração ou é repudiada e recambiada para o remetente? Que pena, se assim  for, pois a seara é tão grande, já está madura para a ceifa e são tão poucos os obreiros prontos e disponíveis para o trabalho. Jesus está a chamar-te.

Os escolhidos são os que passaram a ter um abençoado relacionamento com Deus, por Seu Filho Jesus, e que ouviram a voz do amor, dizendo "quem há de ir por nós?" Não é só uma questão de Deus separar um homem e lhe dizer "vá para a seara trabalhar", é, antes, uma questão de ouvir a chamada de Deus, sentir a necessidade de obreiros e  se disponibilizar voluntariamente  - "Eis aqui, Senhor, envia-me a mim". Deus não coage ninguém, não obriga.  Apresenta a necessidade e nós, voluntariamente, nos entregamos para a Obra.

Mantenhamo-nos templo de Deus, vejamos a Sua glória,  reconheçamos a nossa indignidade, clamemos por misericórdia e deixemos que Ele purifique os nossos lábios, regenere os nossos corações, abra os nossos ouvidos  para ouvir o apelo do céu e respondamos à chamada do Senhor - "Eis-me aqui, Senhor, envia-me a mim"!

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Deus, Fonte de amor.


Uma das maiores necessidades do ser humano é a de amar e ser amado. O amor é indispensável à sobrevivência pois, sem ele, perdemos nossas vitalidades emocional e física. Quando experimentamos o amor, sentimos um profundo bem-estar que nos afeta física, mental, social e espiritualmente.

Carência de afeto leva muita gente ao divórcio, aos hospitais psiquiátricos e ao suicídio. Uma criança que não tem um relacionamento afetivo com os pais, especialmente com a mãe, pode desenvolver distúrbios emocionais e apresentar prejuízos no desenvolvimento físico. Para manter o casamento, só o amor; quando ele falta, a família se desmorona em frustração.

1. A origem do amor

“Deus é amor”! Ele é a fonte de todo amor verdadeiro. Ele “tanto amou o mundo que deu o seu Filho” em sacrifício (1João 4:8; João 3:16). Jesus deixou o Céu para morrer por nós. Nunca haverá uma demonstração de amor maior do que esta. Este amor divino deve ser a base do amor que devemos ter para conosco e o nosso próximo.

2. O que o amor não é

O amor não é um sentimento, que pode desaparecer. Os sentimentos podem ser alterados pelo estado emocional, pelos sentidos, por doenças, pela atitude do(a) companheiro(a), etc. Geralmente, a primeira atração entre duas pessoas baseia-se naquilo que se sente. Mas quando a relação chega ao casamento, ela não deve mais basear-se apenas nos sentimentos.
Por vezes, confunde-se o amor com ardente paixão que, quando é provada nas adversidades, murcha e morre. O resultado são muitos casais amargurados por decepção e desilusão. O amor é como um plantinha que precisa ser cultivada e nutrida para que não morra. A base de um casamento saudável deve ser um princípio adotado por uma decisão racional – que parte de uma vontade consagrada por Deus – de amar, custe o que custar.

3. Princípios do amor verdadeiro

Em um relacionamento a dois, surgirão momentos de insatisfação emocional, como se os sentimentos do início da relação tivessem acabado. Daí surgem dúvidas: “Será que não gosto mais dele(a)?” “O que há de errado?” Mas tais momentos também fazem parte de um relacionamento e é a partir daí que escolhemos amar. Por isso, os sentimentos não são o guia mais seguro. Os princípios do amor verdadeiro devem estar em ação.
3.1 O amor verdadeiro vem de Deus – Se Deus é a origem do amor, quanto mais buscarmos conhecê-Lo, mais capacitados vamos estar para amar.
“O que é preciso para ser feliz?
Amar como Jesus amou…
Viver como Jesus viveu,
Sentir o que Jesus sentia…”

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

"TOME A SUA CRUZ E SIGA-ME"


Olá queridos amigos e irmãos em Cristo Jesus,
Esta semana estaremos abordando sobre um tema muito importante para nossas vidas, principalmente nós, que queremos viver no centro da vontade de Deus.

No Evangelho de Marcos 8:34-35 (NVI) Então ele chamou a multidão juntamente com os discípulos e disse: "Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho a salvará.
Comentário Conhecimento Bíblico: "quando o Império Romano crucificava um criminoso ou preso, a vítima freqentemente era forçada a carregar sua cruz durante parte do caminho para o lugar da sua crucificação, carregando sua cruz pelo centro da cidade".
Lucas 9:23-24 (NVI) Jesus dizia a todos: "Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida a perderá; mas quem perder a vida por minha causa, este a salvará.
Notas de Estudo NVI: "Este é o quadro de um homem já condenado, que carrega a viga da sua própria cruz ao lugar de sua execução. Os discípulos da Galiléia sabiam o que isso significava, pois centenas de homens haviam sido executados desta forma naquela região".
Mateus 10:38 (NVI) E quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim.

ESTAMOS REALMENTE SEGUINDO A CRISTO?

Se "negarmos a nós mesmos", e nos entregarmos à morte, não colocaremos qualquer esperança neste mundo. Quando "tomamos nossa cruz" é como se todas as paixões e desejos da carne estivessem condenados.

Lucas 14:25-33 (RA) Se alguém vem a mim, e não aborrece [`odeia'] a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não tomar a sua cruz, e vier após mim, não pode ser meu discípulo. Pois, qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem deles,... Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.
A.W.Tozer: "Dentre os `santos de plástico' de nossos dias, Jesus tem que proporcionar o morrer". Em outras palavras, as pessoas não querem se comprometer com o evangelho. Elas não querem negar a si mesmas, tomar a sua cruz, e viver o que nos é ordenado. Gostamos muito de ouvir sermões sobre a morte de Jesus, mas não queremos nos considerar mortos para o pecado (Rom. 6:11).

A SENTENÇA DE MORTE

Gálatas 5:24 (Jer) Vós não podeis pertencer a Cristo Jesus a não ser que crucificais todas as suas paixões e desejos.
Gálatas 5:24 (TEB) E aqueles que pertencem a Cristo Jesus mortificam sua natureza humana, com todos suas paixões e desejos.
1 Pedro 2:24 (RA) Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nosso pecados, para que nós, mortos aos pecados, vivamos para a justiça...

CONSIDERE-SE MORTO

T. Austin-Sparks: "Nós não temos que morrer; nós estamos mortos. O que temos que fazer e aceitar a nossa morte... [No] batismo... nós vamos lá e dizemos, "A posição que Deus estabeleceu para mim é a que estou aceitando agora, e eu testifico aqui, desta forma, que aceito a posição de Deus para mim, a saber, que na Cruz eu fui morto".

Colossenses 3:3-7 (Phi) Pois, o que diz respeito a este mundo, vocês já estão mortos e sua verdadeira vida está oculta em Deus, através de Cristo. Um dia, Cristo que é a sua vida, se revelará abertamente, e todos vocês compartilharão desta magnífica revelação. Considerem-se mortos aos contatos deste mundo: não se associe com imoralidade sexual, impureza mental, paixões descontroladas, desejos maus, e a cobiça das coisas dos outros, que é o mesmo que idolatria.  exatamente por causa destas coisas que a ira de Deus vem sobre aqueles que se recusam a obedecê-lo. E nunca esqueçam que vocês faziam parte destas coisas terríveis quando viviam naquela velha vida.
Romanos 6:11 (KJV) Da mesma forma, considerai-vos como mortos...
Romanos 6:11 (TEB) ... vejam vocês mesmos como mortos para o pecado...
Romanos 6:11 (NVI) Da mesma forma, considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus...
Romanos 6:11-14 (Phi) Da mesma forma, vejam-se como mortos para o sedução e poder do pecado mas vivos para Deus através de Cristo Jesus nosso Senhor. Não permita, então, que o pecado estabeleça qualquer tipo de poder sobre o corpo mortal de vocês para que vocês não se deixem levar por suas concupiscências. E nem entreguem os membros de seu corpo como armas do mal utilizadas para os propósitos do diabo, como outrora costumavam fazer. Mas, como homens resgatados da morte certa, coloquem-se nas mãos de Deus, como armas de bondade para Seus propósitos. Pois o pecado não pode nunca ser o mestre de vocês - vocês não vivem mais sob a lei, mas sob a graça.
Romanos 7:4-6 (Phi) Portanto, meus irmãos, a morte de Cristo na cruz os fez "mortos" aos requerimentos da Lei, e vocês estão livres para entregar-se a si mesmos... a um outro, aquele que foi ressuscitado dentre os mortos [Cristo], para que sejamos frutíferos para Deus. Enquanto estávamos "na carne", a Lei estimulou nossas paixões pecaminosas e operaram na nossa natureza a ponto de nos tornarmos frutíferos - para a morte! Mas agora que estamos livres da lei, os requerimentos que existiam foram dissolvidos pela nossa "morte", e estamos livre para servir a Deus, não segundo a obediência a letra da lei, mas de um jeito novo, no Espírito.
Romanos 8:12-13 (NEB) Como consequência, meus amigos, nossa natureza degradável não tem mais poder sobre nós; nós não somos mais obrigados a viver naquele nível. Se vocês assim o fizerem, terão que morrer. Mas se pelo Espírito vocês mortificarem todas as paixões do corpo, vocês viverão.
João 12:24-25 (NVI) Digo-lhes verdadeiramente que, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, continuará ele só. Mas se morrer, dará muito fruto. Aquele que ama a sua vida, a perderá; ao passo que aquele que odeia a sua vida neste mundo, a conservará para a vida eterna.
Romanos 12:1-2 (Phi) Com nossos olhos completamente abertos para as misericórdias de Deus, eu suplico a vocês, meus irmãos, para que num ato de adoração inteligente, vocês apresentem seus corpos como sacrifício vivo, consagrado a Deus e aceitável por Ele. Não deixe o mundo ao seu redor colocar vocês em um molde, mas deixem Deus refazer vocês, para que toda a sua atitude mental sejam mudada...
T. Austin-Sparks: "A única maneira de encontrarmos o céu aberto é através da morte e de uma crise que nos leva ao fim da nossa própria vida. E a crise da identificação através da experiência com Cristo em Sua morte".
Romanos 6:2-4 (Phi) ... nós que morremos para o pecado - como podemos viver um momento sequer em pecado? Vocês esqueceram-se que todos nós que fomos batizados com Jesus Cristo compartilhamos sua morte através de sua crucificação? Nós morremos e fomos sepultados com ele no batismo, para que, assim como ele foi levantado da morte pela esplêndida revelação do poder de Deus - assim também nós fomos ressuscitados para a vida em um nível totalmente novo.
Gálatas 6:14 (RA) Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu para o mundo.



"HOMENS MORTOS"

Romanos 6:5-7 (Phi) Se nós compartilhamos de sua morte, como de fato compartilhamos, também compartilharemos em sua ressurreição. Nunca nos esqueçamos que nosso velho homem morreu com ele na cruz para que a tirania que o pecado tem sobre nós seja quebrada - pois homens que morreram certamente estão livres do poder do pecado.
Romanos 6:8-10 (Phi) E se somos homens mortos com Cristo, podemos crer que da mesmo forma seremos homens que vivem com ele. Temos certeza que o Cristo ressurreto nunca morrerá novamente - o poder da morte para dominá-lo acabou. Ele morreu uma vez por causa do pecado; mas ele vive para Deus eternamente.

Romanos 6:11 (LB) Portanto, olhem para a sua velha natureza pecaminosa como morta e apática ao pecado; em contraste, vivam para Deus, atentos a ele, através de Jesus Cristo nosso Senhor.

VIDA APÓS A MORTE

Colossenses 2:12,14,20 (RA) Tendo sido sepultados juntamente com ele no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos... tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz... Se [realmente] morrestes com Cristo para os rudimentos do mundo, por que, como se vivêsseis no mundo, vos sujeitais a ordenanças?

2 Timóteo 2:11 (Phi) Eu me apoio no ditado: "Se morremos com ele, com ele também viveremos".
2 Coríntios 5:15,17 (Phi) Nós vemos dessa forma: se um homem morreu por todos os homens, então, em certo sentido, todos eles morreram, e seu propósito em morrer por eles é que eles não devem viver suas vidas para si mesmos mas para aquele que morreu por eles... Pois se um homem está em Cristo ele se torna uma pessoa totalmente nova - o passado já não mais existe, tudo se torna fresco e novo.
Tito 2:11-12 (NVI) Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente.
Efésios 4:22-25 (BLH) E, quanto a antiga maneira de viver, abandonem a velha natureza de vocês, que está sendo destruída pelos seus maus desejos. Os seus corações e as suas mentes devem ser completamente renovados. Vistam-se com essa nova natureza, que Deus criou de acordo com a sua própria natureza e que se mostra na vida verdadeira, que é correta e dedicada a ele. Por isso não mintam mais. Cada um fale a verdade com seu irmão...
Gal. 2:19-20 (Phi) Porque mediante a Lei eu "morri", e estou morto para as exigências da Lei, para que eu possa viver para Deus. Eu morri na cruz com Cristo. E o meu presente viver não é mais o mesmo do velho "eu", mas o Cristo vivo dentro de mim. A vida que vivo presentemente no meu corpo, vivo-a crendo no Filho de Deus, que me amou e se sacrificou por mim.
Colossenses 3:1 (NVI) Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto...

LEVANDO O PREÇO EM CONSIDERAÇÃO

C.S.Lewis: "A coisa mais terrível, quase impossível, é entregar o seu ser totalmente - todas as suas vontades e precauções - a Cristo."
Cristo disse: "Entreguem Tudo. Não é o seu tempo, seu dinheiro, ou seu trabalho que é mais importante para mim: Eu quero você. Eu não vim para atormentar o seu ser natural, mas para mata-lo. Nenhuma outra medida seria suficiente. Eu não quero cortar um galho aqui e outro ali, eu quero que a árvore seja cortada. 

"Qualquer que seja o custo do sofrimento nesta vida terrena... o que quer que Me custe, eu nunca descansarei, nem deixarei vocês descansarem, até que vocês sejam literalmente perfeitos - até que meu Pai possa dizer sem reserva que Ele se agrada com vocês, assim como Ele disse que se agradou comigo. Isto eu posso fazer e o farei. Contudo, não farei nada menos que isto."

O alvo para o qual Ele está nos guiando é a perfeição absoluta; e nenhum poder em todo o universo, a não ser nós mesmos, pode impedí-lo de nos levar àquele alvo. Este é o propósito da caminhada, e é muito importante que compreendamos isso. Se não entendermos, provavelmente iremos resistí-lo após andarmos com Ele por um período. Eu acho que quando Cristo nos capacita para vencer um ou dois pecados que estavam incomodando, muitos de nós somos inclinados a sentir (apesar de não verbalizarmos) que já somos perfeitos o suficiente. Ele fez tudo o que queríamos que Ele fizesse. Nós nos acomodaríamos se Ele não continuasse nos ajudando. Mas este é um erro fatal... A questão não é o que nós queremos ser, mas o que Ele pretendeu que fôssemos quando Ele nos fez...

Imagine-se como uma casa viva. Deus vem e reconstrói a casa. A princípio, você compreende o que Ele está fazendo. Ele está tapando os buracos e concertando o telhado para que não haja mais goteiras, e assim por diante. Você sabe que esse tipo de trabalho precisa ser feito, portanto não se surpreende. Mas de repente Ele começa a atingir a casa de um jeito que dói tremendamente e não faz sentido algum. O que Ele está fazendo? A explicação é que Ele está construindo uma casa muito diferente do que você esperava, colocando um compartimento extra aqui, mais piso ali, construindo torres, fazendo jardins. Você pensou que se tornaria numa pequena, porém decente casa de campo; mas Ele está construindo um palácio. Ele mesmo pretende morar no palácio!

Que Deus te abençoe infinitamente mais.

SEGUIDORES

Acompanhar por E-mail

OUTROS ARTIGOS

Ocorreu um erro neste gadget