Países visitantes

Países visitantes: Brasil, Estados Unidos da América, Portugal, Alemanha, Rússia, Canadá, Reino Unido, Argentina, Espanha, Angola, Polônia, China, França, Israel, Venezuela, Ucrânia, Paraguai, Bolívia, Indonésia, Malásia, Grécia, República Tcheca, Iraque, Jordânia, Hong Kong, Itália, Austrália e India.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Encontrando a Fé

Júlio César Romanov - IEADPE
Então, continuei a procura deste conceito tão abstrato, do que seria fé, pois sem ela é impossível agrada a Deus. Compreendi a fé natural: que amanhã vai chover (no verão sempre costuma chover à tarde, é a famosa chuva de verão, intensa e passageira). Mas, isso não era a fé de hebreus 11:1.

Então numa pequena digressão pensei que a vida muitas vezes se assemelha a uma peça de teatro. Nascemos como atores/figurantes, seria a infância, temos pouca participação naquilo que desejamos. Não escolhemos a roupa que vestimos, a escola que estudamos, os amigos, enfim tudo nos é alheio. Nesta época da vida quem toma as nossas decisões são os nossos pais e diga de passagem: são diretores em experiência da sua própria peça. Mais crescidos, começas a ensaiar a peça da nossa vida com uma fala individual aqui e ali. Não somos ainda o ator principal, mas também não somos os meros figurantes, talvez seja a adolescência da nossa vida. Após isso conseguimos o papel na vida de ator coadjuvante e na sequencia finalmente de ator principal e diretor da nossa própria existência, enfim a vida adulta plena.

Mas, ocorre que no palco da nossa existência, algumas vezes o roteiro sai da nossa direção quando acontece algo: uma doença terminal, um acidente automotivo grave, uma tragédia, uma passagem de quase morte. Percebemos então que o roteiro da nossa vida, naquela oportunidade, não está em nossas mãos, mas nas mãos do único roteirista de todo ser que é vivo - Deus. Do Deus que enviou o seu único filho Jesus Cristo, que muito nos amou. Sendo que Ele sabe a história da nossa vida, ontem, hoje e no futuro. Adquirimos a plena consciência que no universo (físico e espiritual) tem um Deus Trino (Pai, Filho e Espírito Santo) que tudo sabe tudo ouve, tudo vê, enfim tudo conduz com muito amor.

Quando temos essa percepção e entendemos novamente que somos atores da nossa vida, mas que o roteirista e diretor é Deus. Então, o grande Deus nos dá um sentimento, uma “certeza das coisas que se esperam (futuro) e a convicção dos fatos que se não veem” (você sabe o que vai acontecer no plano de Deus e no plano da sua vida), então encontramos a nossa fé. E dizemos profetizando: eu não vou morrer desta doença maldita, eu não vou ser privado da minha família, eu não vou falir... Aqui, encontramos a fé, a pura e genuína fé.

Na minha vida eu encontrei a fé nos meus piores momentos, Deus na sua infinita misericórdia, me revelou a fé como verdadeiro lenitivo para minha alma aflita. Então, você meu irmão e minha irmã, é filho(a) de Deus, o Deus que te ama muito. Tenha fé que Deus deseja o melhor para você. Tenha fé!

Amém.

Júlio César Romanov.

Nenhum comentário:

SEGUIDORES

Acompanhar por E-mail

OUTROS ARTIGOS

Ocorreu um erro neste gadget