Países visitantes

Países visitantes: Brasil, Estados Unidos da América, Portugal, Alemanha, Rússia, Canadá, Reino Unido, Argentina, Espanha, Angola, Polônia, China, França, Israel, Venezuela, Ucrânia, Paraguai, Bolívia, Indonésia, Malásia, Grécia, República Tcheca, Iraque, Jordânia, Hong Kong, Itália, Austrália e India.

sábado, 2 de junho de 2012

Tema: VITÓRIA NAS PROVAÇÕES



Ezequias foi um grande homem de Deus, um importante rei de Judá. Foi ele que reformou a religião do povo de Deus restituindo o culto, a páscoa, os sacrifícios e abolindo a idolatria no meio do povo de Deus.
O texto diz que mesmo assim, “depois de toda sua fidelidade’, o inimigo, representado por Senaqueribe, o temido rei do império da Assíria o tentou destruir. Acontece que Ezequias era um homem temente a Deus e não quis lutar sozinho, mas pediu forças ao Senhor.
Vejamos o que Ezequias fez para aprendermos a lutar as nossas lutas com Deus: 
Vamos refletir no exemplo de Ezequias e aprender como enfrentar os problemas com ajuda de Deus:




 
1- Ser fiel: II Crônicas 31.20,21
Como Ezequias, devemos ser fiel ao Senhor, em todo o tempo “em toda obra”, em todo lugar “em todo Judá”, e com integridade “de todo o coração”, pois a fidelidade faz com que o inimigo não tenha legalidade para nos derrotar, e liberar a bênção de Deus como Ezequias que“prosperou”, por causa de sua fidelidade. 
2- Depender de Deus: II Crônicas 32.1
Mesmo sendo fiéis, enfrentamos lutas que servem para nos ensinar a depender de Deus ara tudo em nossa vida. Enquanto estivermos neste mundo enfrentaremos lutas e obstáculos que servirão para engrandecer o nome de Deus em nossas vidas.
3- Tapar as fontes para o inimigo: v.3,4
Ezequias teve uma idéias maravilhosa. Para subir a Jerusalém é muito alto e a pessoa vai subindo devagar, por isso o povo de Deus, fez fontes de água nas subidas para que conseguissem chegar no alto da cidade ao caminhar. Essas fontes eram um alívio para o caminhante da cidade santa, mas para os inimigos seria uma força para derrotar o próprio povo de Deus. Por isso Ezequias resolveu tapar todas as fontes. Junto com o povo fizeram isso. Assim o inimigo não iria usufruir de sua água, nem mesmo ter forças para subir ao alto de Jerusalém.
Do mesmo modo que Ezequias precisamos aprender a tapar todas as fontes do inimigo em nossas vidas. Esgotar tudo aquilo que alimenta o pecado. Enfraquecer o inimigo de nossas vidas para que não nos alcance mais alto na presença de Deus.
4- Restaurar os muros: v. 5
Os muros da cidade estavam defeituosos e precisavam ser reformados e reforçados para que quando o inimigo chegasse, já sem forças, não conseguisse romper as barreiras.
Deste modo também precisamos restaurar os muros de nossas vidas e nos proteger contra toda investida do inimigo. Tapar as brechas para não ser pego de surpresa.
Ezequias fez outras três coisas para reforçar a proteção do povo de Deus:
-ergueu torres nos muros para que soldados estivessem de vigia olhando de onde vem o inimigo e anunciando qualquer perigo. Isso significa VIGILÂNCIA, estar alerta a todo o tempo (Marcos 14.38).
-fez outro muro por fora do muro já reforçado e com torres. Isso significa colocar alguém por perto, estar cercado por outras pessoas para não correr risco de ser pego sozinho. Isso é possível através da COMUNHÃO na igreja com outros irmãos (Hebreus 10.25).
-providenciou mais armamento para o povo. Isso significa PREPARAÇÃO para a batalha. Todos devemos estar armados com a Armadura da Fé (Efésios 6.10-17)
5- Fortalecer o coração: v.6
De nada adiantaria enfraquecer o inimigo tapando as fontes de água, restaurar os muros, fazer torres, outro muro por fora e armar o povo se estes estivessem com o coração temeroso e desanimado. Ezequias “falou ao coração do povo” para que ficassem mais animados para lutar e confiantes no Senhor.
Por isso precisamos nos equipar para a Batalha, mas também nos preparar interiormente. Ter força espiritual para batalhar. 
6- Crer que Deus é maior: v.7,8
Além de tudo é preciso ter fé de que Deus é maior do que tudo e todos. A fé de Ezequias era em um Deus que tem o “braço forte” e que “luta as nossas batalhas”.
7- Receber a vitória por INTERVENÇÃO Divina: II Crônicas 32.21-23
Nesta batalha Ezequias não teve que fazer nada, além de ver Deus defendendo ele dos seus inimigos e como Diz o texto ele teve “paz por todos os lados”, porque o Senhor o defendeu. Do mesmo modo, quando confiamos no Senhor ele nos defende e intervém ao nosso favor derrotando o inimigo.

Creia no Senhor que luta por você e te defende porque Ele é maior do que tudo e todos!

Nenhum comentário:

SEGUIDORES

Acompanhar por E-mail

OUTROS ARTIGOS

Ocorreu um erro neste gadget